Categoria

FRENTE PARLAMENTAR
DO BIM

TROFÉU

O troféu para a premiação do 1º Prêmio BIM da Administração Pública foi inspirado em duas obras emblemáticas da engenharia nacional: a Ponte JK e a Catedral de Brasília. Cartões postais do Distrito Federal, são marcadas pelo pioneirismo e inovação por seus projetos revolucionários que foram edificados como verdadeiras obra de arte.

PONTE JK

Em 2002, a Ponte Juscelino Kubitschek, também conhecida como Ponte JK, foi construída para ligar o Plano Piloto ao Lago Sul, em Brasília. No ano seguinte, em 2003, devido a qualidades estéticas e harmonia ambiental da ponte JK, ela foi eleita a ponte mais bonita do mundo pela Sociedade de Engenharia do Estado da Pennsylvania, nos Estados Unidos. O projeto arquitetônico, assim como o projeto de iluminação da ponte conferiram ao autor, o arquiteto Alexandre Chan, a Medalha Gustav Lindenthal, na International Bridge Conference, nos Estados Unidos, também em 2003. A ponte também foi a vencedora do Prêmio Abcem 2003 – Melhores Obras com Aço do Ano, na Categoria Pontes e Viadutos, outorgado pela Associação Brasileira da Construção Metálica. Com seus 1200 metros de extensão, a Ponte JK, é um exemplo de arrojo arquitetônico que faz jus ao espírito de mudança que foi o marco da construção de Brasília. A obra se destaca por seus três arcos metálicos, que se intercalam por cima das pistas e calçadas, e dão a idéia de uma pedra quicando sobre o espelho d’água. O projeto audacioso impressiona pela funcionalidade e pela arquitetura monumental que transformam o empreendimento em uma execução ímpar da engenharia brasileira.

CATEDRAL

A Catedral Metropolitana de Nossa Senhora Aparecida, mais conhecida como Catedral de Brasília, projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, foi o primeiro monumento a ser criado em Brasília. Sua pedra fundamental foi lançada em 12 de setembro de 1958. Teve sua estrutura pronta em 1960, onde apareciam somente a área circular de setenta metros de diâmetro, da qual se elevam dezesseis colunas de concreto (pilares de secção parabólica) num formato hiperboloide. O engenheiro Joaquim Cardozo foi o responsável pelo cálculo estrutural que permitiu a construção da catedral. Na praça de acesso ao templo, encontram-se quatro esculturas em bronze com 3 metros de altura, representando os evangelistas; as esculturas são de Alfredo Ceschiatti, com a colaboração de Dante Croce. No interior da nave, estão as esculturas de três anjos, suspensos por cabos de aço.

Em 2002, a Ponte Juscelino Kubitschek, também conhecida como Ponte JK, foi construída para ligar o Plano Piloto ao Lago Sul, em Brasília. No ano seguinte, em 2003, devido a qualidades estéticas e harmonia ambiental da ponte JK, ela foi eleita a ponte mais bonita do mundo pela Sociedade de Engenharia do Estado da Pennsylvania, nos Estados Unidos. O projeto arquitetônico, assim como o projeto de iluminação da ponte conferiram ao autor, o arquiteto Alexandre Chan, a Medalha Gustav Lindenthal, na International Bridge Conference, nos Estados Unidos, também em 2003. A ponte também foi a vencedora do Prêmio Abcem 2003 – Melhores Obras com Aço do Ano, na Categoria Pontes e Viadutos, outorgado pela Associação Brasileira da Construção Metálica. Com seus 1200 metros de extensão, a Ponte JK, é um exemplo de arrojo arquitetônico que faz jus ao espírito de mudança que foi o marco da construção de Brasília. A obra se destaca por seus três arcos metálicos, que se intercalam por cima das pistas e calçadas, e dão a idéia de uma pedra quicando sobre o espelho d’água. O projeto audacioso impressiona pela funcionalidade e pela arquitetura monumental que transformam o empreendimento em uma execução ímpar da engenharia brasileira.

O batistério em forma ovoide teve em suas paredes o painel em lajotas cerâmicas pintadas em 1977 por Athos Bulcão. O campanário composto por quatro grandes sinos, doado pela Espanha, completa o conjunto arquitetônico. A cobertura da nave tem um vitral composto por dezesseis peças em fibra de vidro em tons de azul, verde, branco e marrom inseridas entre os pilares de concreto. Cada peça insere-se em triângulos com dez metros de base e trinta metros de altura que foram projetados por Marianne Peretti em 1990. O altar foi doado pelo papa Paulo VI e a imagem da padroeira Nossa Senhora Aparecida é uma réplica da original que se encontra em Aparecida – São Paulo.

A via sacra é uma obra de Di Cavalcanti. Na entrada da catedral, encontra-se um pilar com passagens da vida de Maria, mãe de Jesus, pintados por Athos Bulcão. http://catedral.org.br/historia (fonte do texto)

REALIZAÇÃO

Câmara dos Deputados Frente Parlamentar do BIM

APOIO

CBIC - Câmara Brasileira da Indústria da Construção
Autodesk
MCR - Software
Graphisoft - A Nemetschek Company
Imagem
Esri - Official Distributor
AltoQi - Software BIM para projetos de Edificações
Bentley - Advancing Infrastructure
Vectorworks - A Nemetschek Company
Solibri - A Nemetschek Company
Scia
Bricsys